Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A utilização do computador e Internet por idosos from Rita Brito

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:


Dica de Informática # 4

por FOS, em 08.05.15

Saiba como ensinar os mais velhos a usar o Computador

 

terceira_idade_140110.jpg

 

DICA 1

A primeira vez que estiver a ensinar alguém a lidar com o computador (e aqui não se englobam só as pessoas mais velhas mas também aquelas que dizem “não percebo nada de computadores”), é importante que se ensine o mais básico e mais fácil de executar, sem se utilizar linguagem “técnica”, mas sim linguagem acessível. Há que ter em conta que, a pessoa que está a ser ensinada pode nunca ter tido a oportunidade de mexer num teclado, e não sabe o que é “enter”, “espaço” ou “delete”, entre outros. É importante informar e esclarecer tudo à pessoa, dando informações do género “Um computador funciona assim…, liga-se/desliga-se desta forma…”. Caso seja necessário, e para a pessoa poder praticar em casa, pode sempre ir tomando notas do que lhe é ensinado.

 

DICA 2

Para muitos de nós, os atalhos no teclado são geniais. Mas decerto que quando nos iniciámos na informática, também aprendemos uma coisa de cada vez. Por isso também se aconselha a, quando ensinarmos as pessoas mais velhas (e aqui temos que ter em atenção alguns problemas de memória que possam existir), se utilize o rato para as operações, e não os atalhos do teclado, pois podem ser mais confusos e desmotivar à aprendizagem.

idosos.jpg

DICA 3

Esta terceira dica, dedica-se à prática de digitação. Isto é, nós sabemos que, se hoje escrevemos rápido no computador, isso deve-se aos muitos anos e prática que nele temos. Pois, ao ensinarmos pela primeira vez alguém, essa pessoa estará, durante alguns minutos, a escrever uma frase ou até 2/3 letras, isto porque nunca passou pela experiência. Desta formam quando estivermos a ensinar uma pessoa mais velha, ou mesmo de outra idade, devemos desafiá-la a praticar a digitação, isto é, a escrever uma frase ou duas por dia. Não devemos esquecer (pois podem haver problemas de acuidade visual), de colocar fontes grandes e o texto sempre visível, para motivar e promover à continuação da prática.

 
DICA 4

Depois das dicas mais básicas, chega a hora de entrar na Internet, e explicar o que é esse Mundo completamente diferente. Nesta fase pode-se começar por indicar como entrar na Internet (indicar o Icon, por exemplo), e, uma vez a navegar, mostrar alguns sites úteis (também adequados aos interesses da pessoa que está a ser ensinada), como por exemplo, sites de informação, entretenimento, desporto, culinária, pesquisa, e claro, o pplware! Mas, de forma geral, é importante informar o que é a Internet, e de que forma é que, esta rede funciona.

 
DICA 5

Apesar de ser a última, esta dica não deixa de ser muito importante. Aconselha-se a que, quando se dedicar a ensinar alguém mais velho a lidar com computadores e Internet, os incentive à prática. É errado pensar-se que uma vez aprendido, nunca se esquece, pois com os computadores não é assim. É necessário praticar-se para se saber e não se esquecer. Então é importante que, em tempos livres, lhes peça para irem explorando coisas no computador. A instalação de serviços de conversação é também um grande motivador para passarem mais tempo no computador e irem percebendo mais a dinâmica deste.

Fonte: http://pplware.sapo.pt/informacao/saiba-como-ensinar-os-mais-velhos-a-usar-o-computador/

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 20:40


Dica da Semana #16

por FOS, em 30.04.15

Como reduzir o colesterol sem remédios

 

 

Apesar de ser visto como inimigo da saúde, o colesterol é uma das gorduras essenciais para o organismo, necessário para a produção de novas células, vitamina D e de hormonas esteróides – como testosterona e progesterona. O problema é que, em excesso, traz prejuízos à saúde. E graves.

A primeira medida para controlar a evolução do colesterol é alterar a dieta e os hábitos de vida. Esta é a forma preferencial de tratamento. Controlar a dieta, fazer exercício, desde uma simples caminhada ou, por exemplo, Pilates, tem benefícios rápidos e eficazes.

Colesterol
Enquanto uma parte desta gordura é produzida pelo fígado, a outra chega por via da alimentação. No sangue, a gordura circula ligada a proteínas, formando partículas – as que mais se evidenciam são a LDL e HDL. A principal diferença entre estas é que a gordura LDL carrega o colesterol para os tecidos do organismo, enquanto a HDL transporta a gordura para o fígado, onde se dá sua eliminação sobre a forma de sais biliares.

Esta é a razão para que o colesterol LDL seja nocivo: quando aparece em grandes quantidades, contribui para a formação de placas de gordura no sangue. Essas, por sua vez, podem obstruir a circulação do coração, provocando doenças como o enfarte. Embora a genética das pessoas possa influenciar os níveis de colesterol, a alimentação costuma ser a grande causa do problema.

Por isso, o melhor é começar por ter cuidado com o que come. Alimentos de origem animal, por exemplo, são reis em colesterol. Por outro lado, há aqueles que são verdadeiros aliados, pois ajudam a reduzir as taxas dessa substância no sangue.

colesterol.jpg

 



Não exagere:
- Carne, especialmente as gordurosas, vísceras (fígado, miolo, miúdos), embutidos, peles de aves e asa de frango
- Lacticínios (leite integral, queijos amarelos, molhos gordurosos)
- Frutos do mar (camarão, lula, etc.)
- Manteiga (bolos prontos, tortas, massa folhada, bolachas amanteigadas)
- Banha de porco
- Gelados, bolachas recheadas, leite condensado, chocolate (o branco é o pior) fast food e salgados (principalmente os folheados)

O que deve incluir na dieta:
- Aveia: contém uma fibra que auxilia na redução do colesterol LDL. Duas colheres de sopa de farelo de aveia é o ideal. É no farelo que encontramos a maior concentração desta fibra.
- Soja: 25 gramas de proteína de soja por dia é suficiente para evitar o aparecimento de doenças do coração, pois ajuda a reduzir os níveis de LDL e de colesterol total.
- Fitoesteróis: estas substâncias são encontradas nos vegetais (como sementes de girassol) e também impedem a absorção de gordura na dieta, o que favorece a redução do colesterol. Podem ser encontrados em produtos como margarinas e iogurtes.
- Antioxidantes: estes podem inibir a oxidação das partículas LDL, diminuindo seu poder de obstrução de vasos sanguíneos. Os flavonóides são encontrados principalmente em vegetais verde-escuros, frutas (como cereja, amora, uva, morango e maçã), grãos (soja, etc), sementes, castanhas, condimentos e ervas (cravo e alecrim) e também nas bebidas, como o vinho, sumo de uva e chás.

 

Fonte: http://www.idademaior.pt/bem-estar/saude/como-controlar-colesterol-sem-remedios/

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 22:45


Dica de Informática # 3

por FOS, em 17.04.15

5 Melhores Antivírus Grátis para o Windows

Para a maior parte dos usuários do Windows, um antivírus grátis é tudo o que precisam para estarem seguros na Internet. Não é preciso gastar pequenas fortunas a comprar antivírus que não são eficazes e que ainda por cima tornam o computador mais lento. Como acontece com o Norton Internet Security.

 

antivirus-gratis-g-300x163.jpg

 

Neste artigo podes encontrar uma lista com os 6 melhores antivírus grátis para usar no Windows XP, Windows Vista ou Windows 7. Alguns destes antivírus também incluem anti-spyware ou firewall.

Os 5 melhores antivírus grátis para usar no Windows, são: o Microsoft Security Essentials, Comodo Antivirus, avast! Free Antivirus, AVG Free, Avira AntiVir Personal e o BitDefender Free Edition.

 

1. Microsoft Security Essentials

microsoft-securitu-essentials.jpg

 

O Microsoft Security Essentials é sem dúvida o melhor antivírus grátis para Windows. Uso esta aplicação de segurança em todos os meus computadores e também recomendo aos meus amigos e familiares.

Funciona em modo silencioso e eficazmente, para que possa usar livremente o meu computador, sem interrupções ou longos períodos de espera. É rápido e seguro.

Além disso, como foi criado pela Microsoft, adapta-se bem ao sistema operativo Windows e funciona em harmonia com o Windows Update e Firewall do Windows. E está disponível em vários idiomas e para as versões 32bits e 64bits.

 

2. Comodo Antivirus

comodo-free-antivirus.jpg

 

O Comodo Antivírus também é um dos melhores antivírus grátis. Encontra os vírus rapidamente, é rápido e tem uma interface bonita e simples de usar.

Está disponível para download nas versões Firewall, Antivírus ou Firewall+Antivírus (Comodo Internet Security), para sistemas 32bits ou 64bits. E suporta os sistemas operativos Windows XP SP2, Windows Vista e Windows 7.

 

3. avast! Free Antivirus

avast-free.jpg

 

O avast! Free Antivirus é também uma boa opção. Supera muitas vezes as versões dos produtos pagos, das empresas concorrentes. E protege o computador contra vírus e spyware.

Como acontece com os antivírus anteriores, suporta o Windows XP SP2, Windows Vista e Windows 7.

 

4. AVG Anti-Virus Free Edition 2011

avg-free.jpg

 

Um dos antivírus mais populares é o AVG Anti-Virus Free Edition 2011, que oferece proteção básica e inclui antivírus e antispyware.

Antes de usar o Microsoft Security Essentials, usava o AVG Free. Mas nunca gostei do AVG por ser um pouco pesado e incomodar-me com publicidade, para fazer o upgrade para a versão paga, sempre que queria verificar se tinha vírus no computador.

O AVG Free está disponível para o Windows XP, Windows Vista e Windows 7.

 

5. BitDefender Free Edition

bitdefender-free-edition.jpg

 

Por último, o BitDefender Free Edition é um antivírus eficaz, usado por milhões de usuários e inclui várias funcionalidades e benefícios. Varredura e Remoção de vírus, verificação programada, varredura imediata, quarentena e relatórios.

É compatível com o Windows XP, Windows Vista e Windows 7.

 

Extra:

A pedido de vários usuários, decidi adicionar mais um antivírus, que merece estar nesta lista dos melhores antivírus grátis. Esse antivírus grátis é o Avira AntiVir Personal.

6. Avira AntiVir Personal – Free Antivirus

avira-antivir-personal.jpg

 

O Avira AntiVir Personal é bom antivírus grátis que oferece uma boa proteção básica. Protege o teu computador contra vírus perigosos, worms, cavalos de Tróia e discadores caros.

É compatível com o Windows XP, Windows Vista e Windows 7.

 

Fonte: http://www.superdicas.net/programas/5-melhores-antivirus-gratis-para-o-windows.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 13:36


Sugestão Culinária #15

por FOS, em 20.03.15

Dicas de como aproveitar os restos de comida  

images.jpg

Já passou com certeza por diversas situações em que mesmo não querendo, ou se sentindo mal, acabou por deitar fora restos de comida das travessas, saladeiras, etc. Saiba então que há truques muito simples que podemos utilizar para aproveitar os restos de comida que sobram das refeições. E enquanto muitos desperdiçam, há lugares no mundo onde até ao lixo se vai para arranjar comida.

Seguem algumas dicas de como aproveitar melhor a comida que sobra…

 

Guarde a comida no frigorífico

frigorífico.png

Certas comidas podem ser guardadas alguns dias no frigorífico e certos alimentos, depois de cozinhados, podem ser congelados: o frango estufado, a feijoada, o molho à bolanhesa, etc. Tenha em atenção que há alimentos que não devem ser congelados, como por exemplo, o arroz com molho, batatas, maionese, pudim, iogurtes e que a fruta só poderá ser congelada se estiver cozida ou reduzida a puré.

 

Poupe na quantidade de comida no prato

comida.png

Na hora das refeições não encha demasiado o seu prato ou o prato das outras pessoas. Repita se for necessário, evitando assim que sobre comida e a tenha que deitar fora.

 

Aproveite a fruta e o pão

 

images.png

A fruta muito madura poderá ser usada para fazer batidos e/ou sumos de fruta. Pode ainda usá-la para confeccionar doces ou geleias.

O pão é um dos alimentos que poderá sempre congelar, com a vantagem que uma vez descongelado estará sempre fresquinho como quando o meteu no congelador. Além disso, o descongelamento do pão é um processo bastante rápido.

 

 O que fazer com os restos não aproveitáveis?

  restos.pngrestos 1.pngimagesL98LTDGK.jpg

Existem restos que inevitavelmente têm de ir para o lixo. Porque não dedicar-se à compostagem? Para quem não sabe a compostagem doméstica é uma técnica milenar, praticada há mais de 5 mil anos, e acontece quando transformamos o lixo doméstico em adubo para a terra. Para fazer compostagem pode usar-se restos de leite, borras de café, cascas de frutas, iogurtes, sobras de verduras e legumes.

Com um pouco de esforço poderá poupar bastante dinheiro e evitar o desperdício!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 17:35


Dica de Informática # 3

por FOS, em 13.03.15

Bateria do portátil

remove-laptop-battery

 

Cuidados especiais

 

Ao contrário do que muitos afirmam e do que muitas empresas recomendam, não deixem que a sua bateria fique totalmente descarregada e não tente utilizá-la novamente quando o computador entrar em modo de hibernação. Ao contrário das baterias Ni-Cad e Ni-MH, as Li-Ion não ficam viciadas, isto é, não sofrem efeito de memória. Acontece sim que, muitas vezes, certas baterias passam a durar muito menos tempo do que inicialmente. Este problema deve-se à calibração deste componente.

Com o tempo, o circuito controlador de carga começa a perder a sua capacidade de calcular correctamente a carga existente na bateria pois, como já referimos, não controla cada célula individualmente. Por isto, o circuito interrompe o gasto de energia, muito embora as células se mantenham completamente saudáveis. A solução é, como já deve ter percebido, calibrar o circuito, reajustando os seus padrões. Para tal recomenda-se que realize um ciclo de carga/descarga completo de 30 em 30 ciclos normais de utilização.

E então como faço isso? Carregue a bateria por completo e mantenha-a ligada à corrente por cerca de duas horas. Depois, utilize o portátil, só com a bateria, até que esta se descarregue por completo e o computador entre em modo de hibernação. Mantenha-o nesse estado durante pelo menos cinco horas. Por fim, volte a carregar a bateria.

 

thoughtful_man_laptop

 

Se prentender guardar a sua bateria e utilizar o computador apenas com o adaptador, leia com atenção. Vários estudos comprovam que as baterias Li-Ion se deterioram mais rapidamente quando completamente carregadas ou quando descarregadas, por isso, o ideal é deixar a bateria com 50% de carga, no máximo. Além disso, conserve-as a baixas temperaturas – mas não no congelador!

 

Fonte: http://pplware.sapo.pt/truques-dicas/conserve-a-bateria-do-seu-computador-portatil/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 14:05


Dica da Semana #15

por FOS, em 06.03.15

Conheça algumas particulariedades sobre as cebolas

As cebolas são um dos alimentos mais utilizados na cozinha portuguesa e são geralmente um assunto controverso. Amadas por uns mas odiadas por outros, têm um cheiro e sabor definitivamente únicos.

 

A cebola está enquadrada no grupo das hortaliças e a parte que mais frequentemente se come é o bolbo da planta. A cebola tem ainda uma parte de folhas verdes, a rama. É rica em potássio e contém vitamina C, B1 e B2. A cebola é benéfica para quem sofre de doenças respiratórias, uma vez que atua como um expetorante quando comida crua. Ajuda também na circulação sanguínea, reduz o nível de triglicéridos no sangue e aumenta o volume da urina, o que promove a eliminação de resíduos do organismo.

 

Agora que já conhece alguns factos sobre a cebola, leia as nossas dicas e aprenda as melhores formas de “lidar” com as cebolas no dia-a-dia.

 

Como não chorar com as cebolas

 

Este é sem dúvida o maior problema das cebolas. É impossível fazer uma salada ou preparar um refogado sem ficar imediatamente com lágrimas nos olhos. Não existe um antídoto milagroso para deixar de chorar com as cebolas, mas pode experimentar alguns truques que vão ajudar a atenuar o choro.

 

Se passar a cebola e a faca que está a utilizar regularmente por água vai ver que se reduz a propagação da substância irritável da cebola. Em qualquer altura, evite levar as mãos aos olhos para esfregar, isto só vai fazer pior porque os seus dedos estão cheios dessa tal substância irritante. Também pode experimentar colocar as cebolas no frigorífico antes de cortar. O frio irá diminuir um pouco a irritação mas não totalmente.

 

A melhor hipótese será mesmo utilizar os óculos de piscina enquanto faz o jantar e acabar de vez com as lágrimas na cozinha!

 

cortar-cebolas-chorar-mau-cheiro.jpg

 Tirar o cheiro das mãos

 

E claro está, depois do pranto que foi cortar as cebolas ainda temos o problema de ficar com as mãos a cheirar a cebolas o resto da noite. Experimente passar as mãos por uma peça de inox, como um garfo, por exemplo. Existem uns sabonetes de inox, feitos exatamente para retirar estes cheiros das mãos e resultam bastante bem. Em alternativa, passe sumo de limão pelas mãos que o cheiro desaparece imediatamente. Não esfregue as mãos debaixo de água pois isto só vai concentrar mais o cheiro nos seus dedos.

 

Como conservar cebola

 

Para reduzir o número de vezes que vai ter de passar pelos dois problemas anteriores, opte por tratar das cebolas todas de uma vez. Pode guardar a cebola congelada ou em conserva – ambas as técnicas são fáceis e práticas. Tire uma hora da sua tarde e pique todas as cebolas que tiver. Se tiver um picador, tanto melhor. De seguida, coloque pequenas porções destas em cuvetes de gelo ou em pequenos tupperwares se lhe der mais jeito e leve tudo ao congelador. Assim, na hora de fazer o jantar vai poupar tempo e lágrimas.

 

Para fazer conserva de cebola, vai precisar de 1 litro de vinagre branco, 300 ml de água, 2 colheres de sal, 2 folhas de louro, tomilho e alguns grãos de pimenta. Ferva as cebolas inteiras e descasque-as apenas depois de arrefecerem. Coloque as cebolas, o vinagre também fervido e a água em frascos de vidro. Feche bem. Ao fim de 10 dias, adicione os temperos e volte a fechar os frascos durante mais 20 dias. E está pronto para ser utilizado quando precisar. Se preferir um sabor menos forte, aumente a diluição do vinagre na água.

 

Fonte: http://www.dicascaseiras.com/2014/03/03/curiosidades-sobre-cebolas/

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 17:18


Dica de Informática # 2

por FOS, em 06.02.15

Guia : 10 Dicas Para a Compra de Um PC Portátil

 

5099668_acer_portatil_e1-571_exclusivo.jpg

 

 

Ter um portátil é a vontade de muitos, pois este é um equipamento compacto e móvel. Para muitos a compra de um portátil é considerado um investimento de grande valor.

 

1 - Memória
Para a escolha da memória deve ter em conta o tipo de actividade que vai querer desempenhar no portátil. Hoje em dia todos os computadores vêm equipados com o Windows Vista, e como tal, 1 GB de memória é necessário para que este seja executado com alguma rapidez. Mas se realmente procura um portátil rápido, procure um com 2 GB ou mais de memória, já que entre 1 GB e 2 GB no Windows Vista se nota uma diferença significativa. Esta quantidade de memória é igualmente recomendada para aplicações 3D, como jogos ou software de edição gráfica 2D e/ou 3D.

 

2 - Processador
Quanto ao processador, é recomendado escolher um que seja da nova geração da Intel ou AMD. As de nova geração são as recomendadas devido à sua capacidade de processamento, poupança de energia e baixa taxa de aquecimento, deste modo à uma maior duração da bateria e um maior desempenho.
Em Intel, os processadores Core 2 Extreme são considerados os de gama Elevada, os Core 2 Duo de gama Alta, os Core Duo de Média e os Core Solo 2 e Core Solo são os de Baixa.
Em AMD, os processadores Turion 64 X2 são os de gama alta, os Athlon 64 X2 os de média e os Sempron de baixa.

 

3 - Bateria
As baterias são um aspecto importante num portátil, embora a sua duração varie consoante a utilização que se lhe esteja a ser dada. O uso dos novos processadores é um dos factores importantes para a poupança desta. São recomendadas o uso de baterias de iões de lítio, pois estas têm mais carga e uma vida útil mais prolongada. Estas novas baterias permitem também “fazer o que se quiser delas”, noutras palavras, não é necessário ter qualquer tipo de atenção especial, não se devendo apenas deixar que estas descarreguem por completo. Na primeira utilização deve-se deixar a bateria carregar 8 horas sem que o portátil esteja em utilização. Para quem pretende realmente bastante tempo de bateria, existem alguns modelos de portáteis que permitem adicionar uma bateria extra, por exemplo retirando a drive de CD/DVD e adicionar a segunda bateria.

 

4 – Disco Rígido
Os discos rígidos para portáteis são mais pequenos em todos os aspectos, tamanho físico e capacidade de armazenamento. Isto faz com que os discos sejam consideravelmente mais caros do que os discos para computador de secretária. A escolha de um disco com grande capacidade deve ser feita caso o utilizador pretenda o armazenamento de grandes quantidades de informação, caso contrário vai estar a pagar mais por algo que não vai usar. Os discos mais comuns são os de 120 GB, 160 GB, 200 GB e 250 GB. Menor do que 120 GB não deve escolher e superior a 250 GB não é necessário.

 

5 - Unidade de CD/DVD
A Unidade de CD/DVD já é algo que vem incorporado em todos os modelos. Estes permitem todos gravar DVD bem como CD. As drives de disquetes já não vêm incorporadas nem como acessório. Alguns modelos de portáteis já incorporam as unidades dos novos formatos como HD DVD e BlueRay, como é o caso da Vaio.

 

6 - Ecrã
Nem sempre o facto de dizer que quanto maior o ecrã, também maior o preço. Uma coisa é certa quanto maior o ecrã maior se torna a dimensão do computador portátil. Na base da sua decisão deve estar as suas necessidades, como deve ser sempre, para quê um ecrã grande se não vai trabalhar, por exemplo, com desenho técnico ou fotografia digital? Pense bem nisso antes de escolher.

* CrystalBrite, TruBrite, X-Black : O que são?
De certo que já viu nas características técnicas dos computadores portáteis a informação: Ecrã 15.4" CrystalBrite ou 15.4" TruBrite. Estes termos são sinónimos usados para definirem a tecnologia usada no ecrã, normalmente reflete-se no tipo de ecrã brilhante, actualmente muito em voga.

 

* Vantagens e Desvantagens:
Estes ecrãs são de facto muito mais apelativos pois as imagens aparecem mais definidas e com cores mais vivas, contudo se esta é a vantagem existe também a desvantagem do ecrã ser brilhante e de logicamente reflectir a luz presente, por exemplo, se estiver a usar numa sala com muita claridade poderá ter alguma dificuldade na visualização da imagem, visto que o ecrã vai reflectir. Poderá também provocar um maior cansaço visual.

 

 

7 - Placa Gráfica
Este é também um ponto importante, pois normalmente a placa gráfica colocada na configuração do computador poderá reflectir também o preço a pagar no final. Imagine o seguinte cenário: Quer um computador apenas para usar a internet e fazer uns trabalhos em aplicações Office. Então a placa gráfica é importante? Podemos dizer-lhe que não é o mais importante, de certo se estiver na dúvida entre um computador com uma placa gráfica nVidia ou ATi com memória dedicada e um computador com mais memória RAM então dizemos que para o tipo de aplicação que lhe vai dar opte pelo que têm mais memória RAM, as aplicações Office e o uso de internet não são das aplicações mais exigentes a nível gráfico.
Mas se por ventura pretende um computador para jogar também as últimas novidades então deverá investir (sim, porque certamente vai pagar um valor mais alto) num computador com uma gráfica nVidia (no mínimo GeForce 8400) ou ATI (no mínimo X2300) com pelo menos 128 MB de memória dedicada (memória própria da placa gráfica).

 

8 - Ligações Externas
Em qualquer computador, e hoje em dia tudo se liga a um computador, o número de portas e tipo de ligações é um factor importante. Lembre-se dos dispositivos que pretende ligar à sua porta USB, por exemplo: internet de banda larga, impressora, rato (dispensável), leitor de mp3, câmara fotográfica digital, etc...
Actualmente os fabricantes têm este tipo de ligações em conta e um computador deve ter, na nossa opinião, pelo menos 3 a 4 portas USB de forma a evitar o uso do Hub USB (um género de ficha tripla ou quadrupla para portas USB). O computador que optar por adquirir deverá ter também uma placa de rede (RJ45), leitor de cartões (que pode dispensar o uso da ligação via USB para a máquina fotográfica digital), e também uma porta Firewire (não é fundamental mas também não faz mal nenhum se tiver). Ligação Sem Fios : Bluetooth e Wi-Fi são hoje em dia imprescindíveis.

 

9 - Marca
As marcas que maior expressão têm no mercado são a HP, Toshiba, Sony Vaio e Asus. A Acer entre outras seguem as principais marcas que lideram o mercado.
O uso de uma determinada marca tem também o seu custo e certamente que o design está igualmente associado, assim como a assistência técnica (que iremos falar de seguida).
Marcas a evitar, embora representem um preço mais baixo: Acer e outras marcas ditas "brancas".

 

10 - Assistência
Falar de assistência técnica não é fácil, existem sempre queixas de A, B ou C e existem também aqueles que falam maravilhas de A, B ou C.
Vamos falar daqueles que melhor conhecemos, e que curiosamente, são lideres de mercado na venda de computadores portáteis : A Toshiba e HP.

Estas duas marcas distânciam-se também das outras pela sua excelente assistência técnica e possuem mesmo centros de assistência técnica e especializada sediadas em Portugal. O recurso à linha de apoio a cliente das marcas pode ser um excelente recurso para aqueles que têm dúvidas e que em determinados casos vêm resolvidos os seus problemas com um simples telefonema.

A ASUS, e que agradecemos desde já a notificação, possui igualmente assistência técnica em Portugal, nomeadamente em Viseu sendo que a marca realça o facto de possuir garantia internacional o que equivale a dizer que o computador comprado em Portugal pode ser assistido gratuitamente noutro pais onde a ASUS possua assistência técnica e representação.

O mesmo já não se pode dizer da Sony e Acer, em que o portátil tem de ser enviado para fora do país para reparação. Face a isto consideramos que estas duas marcas possuem uma assistência técnica de nivel mediano, pois a sua reparação passa pela saída do país o que pode de certa forma comprometer o tempo da reparação.

 

Deixamos ainda assim os contactos das assistências técnicas em Portugal:

HP: 808 201 492
Toshiba: 707 265 265
Acer: 808 300 033
Asus: 808 789 888
Sony Vaio: 808 201 174

 

Fonte: http://wintech.pt/guias/1262-

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 17:21


Dica da Semana #14

por FOS, em 23.01.15

Como proteger os idosos do frio

 

Apesar de Portugal ser um país solarengo e de os portugueses estarem habituados a temperaturas amenas, este ano, o frio chegou depressa demais e sem pedir autorização. Várias cidades do país estiveram em alerta amarelo ou vermelho. As temperaturas muito baixas podem voltar e para que os mais idosos estejam preparados para as enfrentar, apresentamos-lhe um guia de cuidados que atenuam o frio.

 

No tempo mais frio, as constipações e gripes são frequentes. A explicação é mais simples do que parece. "Este tempo é propício ao desenvolvimento e propagação dos germens seus causadores. A sua prevenção deve basear-se em medidas gerais, como evitar o contacto com indivíduos infectados e a presença em espaços fechados com muitas pessoas, bem como, no caso da gripe, a vacinação, que está formalmente indicada nos idosos, devendo ser administrada anualmente", explica Manuel Teixeira Veríssimo, Professor da Faculdade de Medicina de Coimbra (FMC) e Coordenador do Núcleo de Estudos de Geriatria da Faculdade de Medicina de Coimbra.

img1_71a5c0514ab83382d98154e5a5f9d813.jpg

 

Importante também é a vacinação contra a pneumonia que deverá ser feita de 5 em 5 anos. As temperaturas frias estão habitualmente associadas ao agravamento de doenças, especialmente do foro respiratório e cardíaco. "Nas doenças cardíacas, o frio pode agravar os sintomas da angina de peito, aumentar um pouco a tensão arterial e o risco de o idoso ter um acidente cardiovascular.

 

No caso das doenças respiratórias, agrava a asma, o enfisema e a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), em geral, e favorece também o aparecimento de pneumonias. A hipotermia é outra das consequências possíveis", acrescenta o especialista. As próprias quedas, ocorrência frequente entre os idosos, principalmente nos menos capazes fisicamente, são mais frequentes no tempo frio.

 

Frieiras para que vos quero?

 

Há que referir ainda as frieiras que têm diversos factores na sua origem, "que vão da predisposição genética até factores hormonais e circulatórios, sendo o frio e a humidade condições que contribuem para o seu aparecimento". A prevenção é a melhor maneira de contrariar o problema, constando esta de alguns cuidados como manter o ambiente aquecido e usar adereços adequados como luvas, calçado quente e gorros de lã.

 

"Uma vez instaladas, as frieiras melhoram com calor moderado e massagem suave, sendo também útil o exercício físico que activa a circulação corporal e, consequentemente, aumenta a temperatura corporal. Na maior parte dos casos, as frieiras curam-se apenas com recurso à prevenção e à protecção das extremidades", acrescenta Manuel Teixeira Veríssimo.

 

Em situações mais graves, "nomeadamente quando há ulceração, o doente deverá recorrer ao médico para fazer outro tipo de tratamento, nomeadamente com substâncias vasodilatadoras. Os cremes com cortisona estão contra-indicados, pois induzem a vasoconstrição secundária e, naturalmente, pioram a situação".

 

Protecção do frio

 

Os idosos podem proteger-se do frio através de medidas muito práticas começando por saírem à rua apenas quando for extremamente necessário e usar roupas quentes e adequadas consoante estejam em casa ou no exterior. "Devem também manter a casa aquecida através da calafetagem das portas e janelas para evitar a saída de calor e a entrada de frio, tendo, contudo, cuidado com meios de aquecimento que produzam monóxido de carbono como lareiras, braseiras ou aquecedores eléctricos; usar botijas de água quente, embora sempre com o cuidado de não fazer queimaduras da pele e beber bebidas quentes, como chá, leite ou sopa. Os seniores devem fazer movimentos com os dedos, os braços e as pernas para estimular a circulação", defende o Prof. da FMC.

 

Para Silvia Oliveira, enfermeira responsável pela qualidade e gestão de risco do Hospital de Braga, o exercício físico, nomeadamente as caminhadas, deve ser levado em consideração pois "promove a socialização, evita o isolamento e aumenta a produção de calor".

 

Que vestuário usar?

 

Os idosos devem usar várias peças de roupa em vez de uma única de tecido grosso, porque assim haverá melhor protecção ao frio. "As roupas deverão ser folgadas, estarem secas e de materiais que não façam transpirar, como o algodão e as fibras naturais." Quando for necessário sair de casa, para além de reforçar o agasalho, como por exemplo, uma capa, um xaile, uma samarra, etc., os idosos deverão levar ainda luvas, gorro ou outro tipo de protecção da cabeça, e, eventualmente, cachecol.

 

"Não devem usar roupas justas porque dificultam a circulação sanguínea", acrescenta a Enfermeira Silvia Oliveira, responsável pelo Departamento de qualidade e gestão de risco no Hospital de Braga. É também importante que o calçado seja quente, confortável e anti-derrapante para evitar quedas.

 

Os perigos que escondem as lareiras e os aquecimentos

 

Quando a temperatura desce significativamente, o que pode voltar a suceder nos próximos dias, é importante que se mantenha quente e seguro. O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) alerta para quais os principais problemas relacionados com o frio e como actuar. As crianças e os idosos são grupos particularmente vulneráveis mas qualquer um pode ser afectado.

Segundo o INEM, "embora permanecer em casa o maior tempo possível ajude a reduzir o risco de acidente de automóvel e quedas, poderá também enfrentar riscos domésticos. "A exposição a baixas temperaturas, no interior e no exterior, podem causar riscos sérios ou letais para a saúde", alerta este organismo.

Deve haver um cuidado extremo na utilização de lareiras em locais fechados, sem renovação de ar, "devendo nesse caso abrir-se um pouco a janela ou a porta para haver circulação de ar, pois de outro modo poderá haver aumento da concentração de monóxido de carbono, que é um gás letal causando, frequentemente, desenlaces fatais em idosos", explica Manuel Teixeira Veríssimo. Os mesmos cuidados devem ser tidos com as braseiras, fogareiros ou aquecedores eléctricos, que do mesmo modo consomem oxigénio e aumentam os níveis de monóxido de carbono.

"Também deve haver cuidado para que não existam produtos de fácil combustão junto destas fontes de aquecimento, como por exemplo cortinados, que possam originar incêndios", conclui. Todos sabemos que os aquecimentos, as braseiras e as lareiras proporcionam uma sensação de conforto e bem-estar mas também são muitos os portugueses que cometem graves erros e que não se preocupam devidamente com a sua adequada utilização colocando em risco a sua segurança!

 

Fonte: http://medicosdeportugal.sapo.pt/utentes/senior/como_proteger_os_idosos_do_frio/1

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 17:25


Dica de Informática # 1

por FOS, em 16.01.15

Qual a diferença entre Hibernar e Suspender o computador?

O Modo de Economia de Energia, como o próprio nome sugere, tem o objectivo de economizar energia eléctrica através de alguns comandos/procedimentos no seu computador.

As opções do Modo de Economia de Energia podem ser localizadas no Menu Iniciar.

computador.jpg

 

 

Modo de Suspensão: Quando o computador entra no modo de suspensão, é activado o modo de energia. Durante o modo de economia de energia, o monitor é desligado e algumas placas ficam desactivadas, como a placa de vídeo, placa de som e placa de rede.

Ao retornar para o computador que está no modo suspenso, basta movimentar o mouse, ou clicar em alguma tecla. Isto vai depender da configuração de seu sistema, se for um portátil, basta abrir a tampa, e, com isso, o monitor e todas as placas desactivadas serão ligadas novamente, retornando com todas as aplicações que estavam abertas na tela.

É importante entender que no modo de suspensão, o computador não é desligado, uma vez que os programas ainda continuam em execução na Memória RAM – memória volátil. A memória volátil precisa de energia para manter os dados armazenados. Ao desligar o computador, todos os dados são apagados dessa memória e, consequentemente, os programas que estavam abertos no computador serão fechados.

 

Modo de Hibernação: Hibernar é o modo em que o computador é desligado. Inicialmente é criada uma imagem de todas as janelas e documentos abertos no seu computador, e depois gravada no Disco Rígido – memória não volátil. A memória não volátil não precisa de energia para manter os dados armazenados. Em seguida, após gravar a imagem, o computador é desligado. Na próxima vez que o computador for ligado, a imagem é recuperada, restaurando todos os programas e arquivos que estavam abertos antes de hibernar.

Hibernar é o modo que economiza mais energia, pois o computador é todo desligado.

Este artigo foi elaborado por Filipe Morais

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 21:29

footer

As publicações desta página são da inteira responsabilidade e autoria da FOS - Essência da Partilha - excepto quando referido o contrário. Não está autorizada a partilha de qualquer conteúdo, sem informação e autorização prévia por parte dos autores do Blog.


Contactos

Encontre abaixo os nossos contactos:

E-MAIL

formacao.ocupacional.seniores@gmail.com

TELEFONE

969 192 186 | 916 676 466 | 249 726 596 Vânia (Coordenadora FOS): 912 993 415

MORADA

Escola Primária do Cardal | Rua Miguel Torga, s/n - Cardal | 2260-517 Vila Nova da Barquinha

RUTIS

A FOS é membro da RUTIS desde 2013. Saiba mais sobre a RUTIS aqui: http://www.rutis.pt/


Deixe-nos uma mensagem

calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Pesquisar

Pesquisar no Blog