Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dica Mensal de Segurança #6

por FOS, em 14.07.14

Avós prevenidos e netos seguros

 

Mesmo que sigam todas as recomendações que falamos nas aulas e escrevemos nos artigos anteriores publicados no nosso blog sobre o tema da segurança, não é possível evitar todos os acidentes que se verificam durante o crescimento e alguns são próprios da idade. 

 

 

No entanto, “…há acidentes e acidentes…”, o período das férias escolares é muitas vezes passado junto dos avós e em ambientes diferentes dos frequentados no dia-a-dia, porque aproveitamos para descansar no campo, cidade ou praia.

Devemos estar preparados para receber os nossos netos com uma atenção perspicaz e agir preventiva e oportunamente, sempre que nos apercebemos que se encontram em risco de exposição a situações que podem provocar acidentes graves.

Desta forma, contribuímos não só para evitar os acidentes mas para a educação e preparação dos nossos jovens enquanto cidadãos responsáveis, que procuram adotar comportamentos seguros. 

 

 

As situações de emergência mais comuns segundo a Associação para a Segurança Infantil (APSI) são devidas, entre outras, às seguintes causas e perigos:

  • Em casa devido as circunstâncias inseguras existentes (escadas, piscinas, produtos químicos…) ou inadequada utilização de equipamentos domésticos, que contribuem para a ocorrência de queimaduras, intoxicações, cortes, electrocução, intoxicação por medicamentos ou monóxido de carbono e quedas;
  • A utilização de brinquedos ou meios de transporte rodoviários, quando as crianças e jovens andam de triciclo, de trotineta, de bicicleta, motociclo ou de carro, meios que envolvem alguns perigos e têm que ser usados com as devidas precauções e nos locais apropriados;
  • A existência de reservatórios de água que, sobretudo no verão, são uma tentação e a origem de muitos afogamentos, segunda causa de morte acidental em crianças na europa (praia, piscinas, banheiras, tanques de lavar ou regar, poços, lago de jardim…).

Para garantir a segurança da nossa família, daqueles que nos visitam e a nossa própria, é necessário identificar os perigos existentes à nosso volta e evitar que as crianças e jovens sejam expostos aos riscos que lhes são inerentes. 

 

 

Algumas dicas de prevenção de acidentes e segurança:

  • Localizar em local inacessível ou fechado os medicamentos, fósforos ou isqueiros, produtos químicos e bebidas alcoólicas.
  • Colocar em local seguro e acautelar que se faça o uso adequado de objetos cortantes ou perfurantes (tesouras, facas, agulhas…).
  • Evitar que as crianças brinquem com os equipamentos domésticos que para funcionar utilizam gaz, eletricidade e água (no caso de pré-adolescentes só na presença de um adulto);
  • Quando se tratar de crianças pequenas, colocar portas que impeçam o acesso a escadas ou pisos superiores para evitar que ocorram quedas aparatosas.
  • Evitar a existência de recipientes de água abertos ou impedir o acesso aos mesmos (tanques, banheiras, bacias, poços e outros), isolando os locais onde exista risco de afogamento e vigiando a sua utilização.
  • Utilizar brinquedos adequados para idade e com as devidas precauções de segurança.
  • Conduzir os meios de transporte rodoviários em locais apropriados para o efeito, com uma adequada sinalização e proteção individual (cintos, cadeirinhas de transporte, capacete, colete de sinalização).
  • De acordo com o tipo de atividade e local, utilizar o vestuário e calçado mais adequado às condições físicas e ambientais de temperatura e humidade, por exemplo, evitar os chinelos e roupa que possa ficar presa nos equipamentos dos parques infantis.
  • Prescindir das brincadeiras às horas em que as temperaturas e a exposição à radiação são mais elevadas, usar chapéu e ingerir água com frequência ao longo do dia.
  • Em locais desconhecidos e muito frequentados mantenha sempre uma ligação visual.
  • Procure que a utilização da internet e das novas tecnologias seja um meio que pode contribuir para o crescimento, sem nunca esquecer que associados aos muitos benefícios vêm também alguns riscos (uso excessivo e sem pausas, diminuição da atividade física e social).

 

 

Os casos de emergência devem ser prevenidos, no entanto, a melhor forma de saber o que fazer em caso de emergência, é estar preparado antes de esta acontecer:

  • Tenha uma bolsa de primeiros socorros sempre à mão e se puder, tente saber sempre mais sobre primeiros socorros, porque os acidentes acontecem.
  • Caso a emergência ligue o 112 e tenha resposta para as seguintes questões:
  1. O tipo de situação (doença, acidente, parto, etc.);
  2. O número de telefone do qual está a ligar;
  3. A localização exata e, sempre que possível, com indicação pontos de referência;
  4. A gravidade aparente da situação;
  5. O número, o sexo e a idade aparente das pessoas a necessitar de socorro;
  6. As queixas principais e as alterações que observa;
  7. A existência de qualquer situação que exija outros meios para o local, por exemplo, libertação de gases, perigo de incêndio…

 

 

 

 

Esta dica foi elaborada pelo formador António Ribeiro, da disciplina de Segurança e Prevenção

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 10:06


Dica da Semana #6

por FOS, em 11.07.14

Top 30 locais para viajar

(de acordo com o jornal New York Times)

1. Sri Lanka

A ilha do Sri Lanka finalmente respira paz. O conflito entre os Sinhalese e o grupo Tamil cessou e a paz regressou a este país. Sendo um dos mais belos lugares do mundo para passar férias na costa da Índia, está à vossa espera. Esta ilha é uma espécie de paraíso/zoo tropical, com locais idílicos e elefantes, búfalos, macacos a passear pelas ruas. A costa de praia que se estende por quilómetros de areia branca rodeada por bambus, é um local onde a privacidade é preservada. Uma praia das mais difíceis de aceder, mas das que mais vale a pena visitar é Nilaveli, no norte de Tamil, onde as águas cristalinas e as belas palmeiras valem a viagem que implica alguns postos de controlo militares. 

2. Patagónia 

Uma viagem à Patagónia – vale do vinho da Argentina –, é uma viagem recomendada, especialmente a San Patrício del Chañar. Um canto do mundo que floresce no turismo do vinho e que os receberá com deliciosos vinhos "pinot noirs", "malbecs" e vinhas de sonho.

Patagónia

3. Seul

Esqueçam Tokyo, agora todos viajam para Seul. A capital da Coreia oferece cafés e restaurantes de grande glamour, galerias de arte fantásticas, locais mais fashion que alguns cantos de Milão. Os designers falam sobre e recomendam o novo destino fashion: Seul, a capital do design de 2010.

Seul

4. Mysore

Se o yoga é a vossa onda, então a cidade de Mysore localizada no sul da Índia, denominada “A cidade dos Palácios” é o local perfeito para uma viagem. O local mais popular para fazer Ashtanga Yoga é em www.kpjayi.org.

Mysore

5. Copenhaga

Copenhaga não é apenas invadia por manifestantes ambientalistas. A capital da Dinamarca é considerada uma das mais ecológicas do mundo. Uma cidade longa, plana, ótima para percorrer de bicicleta. Cafés, galerias, uma noite excitante até horas tardias, Copenhaga é excelente para umas férias bem animadas.

Copenhaga

6. Koh Kood

O novo luxo emergente da Tailândia são as ilhas Trat. Inacessíveis durante muitos anos devido às suas extensões ao vizinho Camboja, ilhas como Koh Kood são os novos paraísos para viajantes que apreciam o descobrir de paraísos desconhecidos. Para viajarem até estas ilhas devem marcar viagem para a de Trat, pois oferece voos até estes locais.

Koh Kood

7. Damasco

Quem adora Marraquexe, vai adorar Damasco. As renovações dos históricos Riades tornaram Damasco um local a visitar, especialmente a parte velha da capital da Síria.

Damasco

8. Cesme

O próximo Bodrum? Num outro belo canto da Turquia, na costa banhada pelo mar Egeu começa a emergir uma alternativa súper elegante: as vilas de Cesme Península, sendo a maior atração Alacati.

Cesme

9. Antártica

Este poderá ser o último ano de viagens de turismo de massa à Antártica. Não porque o gelo está a desaparecer rapidamente, mas devido às restrições feitas às viagens a este continente. As viagens à Antártica vão passar a ser limitadas às expedições científicas. Este é um dos maiores paraísos de fauna e flora selvagem do mundo. O turismo tornou-se uma grande ameaça ao meio ambiente, por isso vai passar a ser limitado a certos locais, e as visitas de cruzeiros vão ser proibidas dentro dos próximos 2 anos.

Antártica

10. Leipzig

Em 2010, Leipzig, uma pequena cidade industrial na antiga Alemanha de Leste, vai marcar o 325º aniversário do nascimento do seu já residente Johann Sebastian Bach, e os 200 anos do aniversário de Robert Schumann, com concertos e festivais de música e uma reabertura do Museu de Bach. Outra característica motivadora para viajar até Leipezig é a sua nota cultural, que implica a abertura da retrospetiva da última década de artistas no museu dasFine Arts.

Leipzig

11. Los Angeles

Viajar até Los Angeles não é só pela sua vida agitada e tapetes vermelhos, mas também pela suas constantes exposições e eventos culturais, que até parecem não existir, mas na realidade existem às centenas e acompanham o panorama cultural do mundo.

Los Angeles

12. Xangai

70 milhões de pessoas viajaram até Xangai para visitar a Expo 2010. Depois dos espetaculares jogos olímpicos em Pequim, Xangai vai foi uma loucura imperdível. De 1 de Maio a 31 de Outubro, mais de 200 pavilhões estiveram em Huangpu River. O pavilhão da Suíça construído à luz da forma geográfica do país, o pavilhão de Inglaterra criado pelo designer Thomas Heatherwick semelhante a um enorme marshmallow; o pavilhão de Macau será um enorme coelho, os Emirados Árabes foram representados por um pavilhão em forma de duna, entre muitos outros. O tema da Expo 2010 de Xangai foi “Melhor cidade, melhor vida”, tendo sido gastos 10 milhões de dólares a restaurar a cidade. Os passeios do rio foram renovados, e os subúrbios foram dramaticamente expandidos, bem como as inúmeras estações. Xangai renovou-se.  

Xangai

13. Mumbai

Depois do aniversário de um ano dos ataques de 2008 a Mumbai, os cidadãos pintaram um quilómetro em Mumbai Sul com murais sobre o quanto eles amam e esperam da cidade. A iniciativa levada a cabo por diversas organizações incluindo Mumbai Arts Project (MAP), foi uma forma de ressuscitar a arte e a onda artista de Mumbai. A abertura de novas galerias de arte contemporânea, elevam o conceito de cidade do mundo da arte, sendo um local a não perder numas férias à Índia.

Mumbai

14. Menorca

A calma ilha de Menorca é a opção tranquila a Ibiza e a Maiorca, onde a animação é o reino das férias. A biosfera de Menorca é património da Unesco. As belas praias mediterrâneas de grande extensão mostram as suas águas límpidas num deleitoso local chamado Cala d’Algaiarens. Neste local as magníficas praias de areia fina e as dunas encantam qualquer viajante. Para além da costa de praia, existe uma diversidade de floresta de belos verdejantes onde facilmente se poderão esquecer que estão numa ilha mediterrânica, sentindo que estão num belo paraíso verdejante britânico. Mesmo as ilhas de Mahón e Ciutadella combinam elementos da herança colonial britânica com a identidade espanhola, tornando Menorca num paraíso peculiar. 

Menorca

15. Costa Rica

 A Costa Rica é um destino popular para os turistas aventureiros e para o ecoturismo mas agora, com uma nova rota de pássaros na parte noroeste da região, existe uma novo motivo para viajarem até à Costa Rica. A rota dos pássaros abriu em 2009, e engloba 13 reservas naturais com uma diversidade fenomenal de mais de 500 espécies de aves. Poderão explorar a rota a sós ou fazer um download do mapa por cerca de 10€; se preferirem um guia também poderão requerer um. O centro mais popular desta rota é em Sarapiquí-San Carlos, um dos últimos habitats do green macaw. As aves, as quedas de água, a floresta tropical, os riachos transparentes, são tudo regalos de uma viagem à Costa Rica.

Costa Rica

16. Marraquexe

Marraquexe é a joia do Norte de África. Se viajarem até à cidade mais carismática de Marrocos encontrarão hotéis de luxo, história e muita diversão. La Mamounia é um hotel famoso onde grandes celebridades passam as suas férias. Desde Charlie Chaplin até Jennifer Aniston, Gwyneth Paltrow, etc. podem ser encontradas lá. Depois do La Mamounia, o melhor hotel de luxo em Marraquexe e desde já aconselhado é o Royal Mansour, sendo propriedade do atual rei Mohammed VI. Já imaginaram o luxo?

Marraquexe

17. Las Vegas

 Embora com a recessão as visitas a Las Vegas tenham diminuído, os hotéis também foram na onda e diminuíram os preços das estadias, sendo uma ótima oportunidade para viajar até Las Vegas a um bom preço. Podem ver o espetáculo do Cirque du Soleil, o espetáculo “Viva Elvis”, entre muitas diversões, e quem sabe até casar, e claro dar uma voltinha na roda da sorte de algum casino.

Las Vegas

18. Baía

Apesar dos Jogos Olímpicos acontecerem no Rio de Janeiro, o Brasil apresenta um destino popular: o estado nordeste da Baía. Com grandes influências africanas, diversidade cultural, praias de palmeiras e areia branca, uma nova diversidade de hotéis de luxo, esta região é um local predileto para passar ferias, especialmente a vila de Trancoso, um local que está cada vez mais fashion nos roteiros do Jet Set mundial.

Baía

19. Istambul

Nos anos recentes a reputação de Istambul como cidade acolhedora da arte contemporânea tem vindo a crescer. O lançamento do site ArtKnowledgeNews.com, diz tudo acerca da cena da arte contemporânea em Istambul. Istambul já foi nomeada Capital Europeia da Cultura, uma designação partilhada com Eseen na Alemanha e com Pecs na Hungria. Como Capital da Cultura, Istambul teve uma variedade de espetáculos, exposições de arte por toda a cidade para comemorar a ocasião. 

Istambul

20. Shenzhen

A probabilidade do LCD que têm na sala de estar ter sido feito em Shenzhen na China é grande. Mas Shenzhen não é só uma cidade industrial no sul do país. Shenzhen tem hotéis de luxo muito interessantes e, para além disso, é a cidade da China mais rica a par de Xangai e de Pequim. Situa-se a 45 minutos de comboio de Hong Kong, é uma cidade cheia de arranha-céus e de centros comerciais com 14 milhões de habitantes que está viva dia e noite. Restaurantes fashion e hotéis de sonho esperam uma visita a esta cidade.

Shenzhen

21. Macedónia

Um dos mais profundos lagos do planeta com margens ladeadas por edifícios antigos, património da Unesco, é o Lago Ohrid. Situado na Macedónia, local de férias de grande renome internacional, a cidade de Ohrid apresenta belos edifícios com característicos telhados em terracota. Ohrid fica a cerca de 30 quilómetros da fronteira com a Albânia, tem um mosteiro, uma igreja ou mesquita para qualquer celebração do ano, todos revestidos a esplendorosos frescos, mosaicos e ícones. A recentemente renovada igreja de S. Clemente em Plaosnik, S. Panteleimon (um ícone do período Bizantino) e o S. João de Kaneo do século XIII, um mosteiro em calcário e tijolo, miram as transparentes águas azuis do lago. O período mais popular para viajar até Ohrid é no Verão, pois as suas praias e bares em bambu fazem o deleite dos turistas.

Macedónia

22. África do Sul

Anfitriã do campeonato do mundo de futebol de 2010, África do Sul apresentou-se com os seus novos estádios de futebol, novos hotéis de luxo e rotas de safari. Cape Town é conhecido pelas suas praias de sonho, cozinha de criar água na boca, e uma noite sofisticada. Se pretendem fazer um safari ou ver um jogo de futebol em primeira mão, então África do Sul pode bem ser um grande destino de férias.

África do Sul

23. Breckenridge

O resort de esqui em Breckenridge, Colorado, EUA comemora o seu 150º aniversário com uma tentativa de descriminalizar a possessão de pequenas doses de marijuana. Ainda que a lei ainda não tenha sido aprovada, este resort de esqui é local predileto dos fanáticos por esqui que acham que tudo vale para umas férias divertidas na neve. Esta pequena cidade apresenta luxuosos hotéis, restaurantes muito bem conceituados, lojas de grandes marcas e uma vida noturna muito divertida.

Breckenridge

24. Montenegro

Na parte sul de Montenegro, quase na fronteira com a Albânia, existe um lugar do país com uma praia de cerca de 12,5 quilómetros de extensão de nome Velika Plaza e uma ilha triangular onde o rio Bojana se encontra com o mar. A ilha é Ada Bojana e este local está a tornar-se num destino de férias de surf muito popular. Com o mar Adriático a banhar este local, o tempo fantástico e as peculiares praias de areia cinzenta, fazem com que turistas de todo o mundo elejam este local como um destino de férias - especialmente se o surf for o seu passatempo. O custo de vida é barato e isso é suficientemente atrativo para a maioria das pessoas.

Montenegro

24. Vancouver

Vancouver foi anfitriã dos Jogos Olímpicos de Inverno. Mas o local mais recompensador para uma viagem é lago nos arredores da cidade, longe das multidões. Saltem para o Ferry BCque vai de Vancouver até Nanaimo, na costa leste de Vancouver; guiem durante 3 horas através das fantásticas montanhas, pela costa oeste. A viagem pelo novo trilho do pacífico selvagem é arrebatadora, pois acompanha a rochosa linha da costa dando origem a vistas das grandiosas enseadas e do Pacífico que as banha.

Vancouver

26. Colômbia

Os latino-americanos dizem que a Colômbia é novo cool place a preços razoáveis. Porém não nos esqueçamos que a Colômbia também é conhecida pela sua violência devido à droga e seus cartéis. Bogotá, capital da Colômbia, emergiu num papel de cidade urbana reinventada no final dos anos 90, sofrendo uma transformação que atualmente caracteriza a cidade. Os passeios já se encontram apetrechados com parques para bicicletas e cafés muito peculiares. Os museus e restaurantes abriram no centro histórico, incluindo o Museu do Ouro que alberga tesouros pré-colombianos. Fazer férias em Bogotá, Colômbia é barato, a viagem pode encarecer as férias, mas será certamente uma grande aventura. Se pretenderem uma alternativa a Bogotá, têm Cartagena, património da Unesco, como uma magnífica opção. Cartagena está cada vez com mais estilo e com hotéis de luxo.

Colômbia

27. Kitzbühel

Muitos austríacos conhecem a cidade de Kitzbühel apenas como o paraíso do esqui, com 53 elevadores e 170 quilómetros de espetaculares pistas. Para além das suas pistas de esqui, os três restaurantes com estrelas Michelin na cidade e mais dois fora dela são grandes chamarizes para quem aprecia a arte de um bom jantar. Os hotéis de 5 estrelas, as boutiques luxuosas e a vida dos famosos; tudo está na bela cidade de Kitzbühel.

Kitzbühel

28. Noruega

Com uma nova aclamada casa da ópera e com inúmeros restaurantes de luxo, Oslo é um dos destinos urbanos a não perder. Recomenda-se uma volta pelo campo. A peculiar e fantástica luz nórdica e a dramática paisagem são frutos da Noruega, provavelmente um dos grandes paraísos da Europa ainda por descobrir. Com os seus fiordes e a linha costeira sul, mesmo para umas férias de Verão, a Noruega é um ponto alto para viajar.

Noruega

29. Gargano 

A península Italiana Gargano situa-se na saia do Mar Adriático e é um dos locais de Itália perfeitos para passar férias. Uma boa parte deste local faz parte do protegido parque Nacional de Gargano que incorpora uma bela floresta, falésias brutais, praias de azul magnífico e vilas brancas que acolhem o maravilhoso mar azul. Acessíveis de barco, estão as ilhas Tremiti, manchas de terra rodeadas de uma vida e reserva marítima. As lindas acolhedoras vilas Peschici e Vieste são ótimos locais para jantarem, em restaurantes de onde excelente peixe fresco é servido num ambiente acolhedor e caseiro. Gargano oferece uma comida fabulosa e estadia muito acessível.

Gargano

30. Kuala Lumpur

Enquanto Phuket e Angkoe Wat são destinos populares para turistas no sudoeste da Ásia, os grandes jetsetters ditadores das tendências, estão a dirigir-se para Kuala Lumpur, a capital da Malásia que se tem vindo a destacar como uma das cidades mais in e simpáticas do momento. Desde os shopaholics, os gourmet, os cosmopolitas aventureiros, todos encontram em Kuala Lumpur tudo para uma viagem espantosa. Os locais mais indicados para irem às compras é em Jalan Telawi 2 e três subúrbios de Bangsar a 15 minutos de viagem de táxi desde o centro.

Kuala Lumpur

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 10:14


Agenda Cultural #6 - Julho

por FOS, em 08.07.14

Nos dias 5, 12 e 19  irá ser apresentada no Castelo de Almourol a peça de teatro “Viriato” pelo grupo de teatro “Fatias de Cá”, a partir das 19h19.  Este evento tem um custo de 22,22€, com jantar incluído e é uma forma diferente de vermos o Castelo.

 

 

 

 

No dia 5 em Torres Novas, no Jardim das Rosas podemos assistir à peça Opostos Bem-Dispostos. Uma peça infantil que visa promover a igualdade de género e o respeito pelo outro e uma oportunidade de fazer um programa diferente com os netos. A entrada é livre.

 

 

 

No dia 12 na antiga Associação do Cardal às 16:30 há Sardinhada, a entrada é livre e além da bela da sardinha ainda pode dar um pézinho de dança. Só boas razões para não ficar em casa!

 

No dia 26 de Julho será realizada a III Caminhada ao Pôr-do-Sol, desta vez, depois da Atalaia e de Tancos será a vez da Praia do Ribatejo.

A caminhada tem um custo de 5€ e cada participante terá direito a uma oferta e um kit alimentar.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 11:37

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:43

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:03


Dica Mensal de Segurança #5

por FOS, em 02.07.14

CALOR EM EXCESSO FAZ MAL

 

Evite situações de Stress Térmico

 

Devido ao seu efeito, o ambiente térmico é um agente físico que pode causar danos no individuo que a ele se encontra exposto.


Com a entrada no período de verão e com o aumento do calor, o organismo procura baixar a temperatura do corpo através da transpiração. Mas quando este objetivo não é alcançado, pode haver, em casos mais extremos, danos irreversíveis no cérebro e outros órgãos. O efeito cumulativo devido à exposição contínua diária ao calor, assim como, o efeito de choque devido às temperaturas elevadas como acontece na nossa região a determinadas horas do dia, podem provocar situações indesejáveis e causar sérios problemas no organismo humano.

 

 

 

 

 

Parâmetros do conforto térmico

O ambiente físico é caracterizado através de parâmetros que são determinantes nas trocas de calor entre o corpo humano e o ambiente, designadamente:

  • A temperatura do ar;
  • A humidade do ar (humidade relativa)
  • A velocidade do ar (movimento do ar)
  • O calor radiante devido à exposição solar direta.

O metabolismo desenvolvido por cada pessoa depende principalmente da área corporal (peso e altura), da atividade que tem de desenvolver e das características individuais:

 

  • Idade da pessoa (as crianças e os idosos apresentam maior risco), sexo e peso;
  • Estado de saúde;
  • Tempo de permanência em condições e locais com temperaturas adversas;
  • Vestuário utilizado.

 

 

Outro dos fatores a ter em conta na prevenção do risco de exposição a temperaturas elevadas, está relacionado com as características e condições dos edifícios e habitações:

 

  • Adaptabilidade do ambiente térmico interior da instalação às condições meteorológicas;
  • Contacto dos espaços de permanência das pessoas com o ambiente exterior;
  • Existência de sistemas de ventilação e condicionamento.

 

As crianças e os idosos apresentam maior risco de exposição

 

 As temperaturas elevadas e os baixos índices de humidade são prejudiciais para as pessoas das faixas etárias mais elevadas (entre 60 e 90 anos), preocupação que nos últimos anos tem sido alvo de recomendação do Serviço Nacional de Saúde (SNS):

  • Com o aumento da idade, as pessoas reagem de maneira diferente ao calor, as alterações naturais nos mecanismos de controlo térmico do organismo, levam à diminuição da sensação de sede e a situações de desidratação;  
  • O organismo humano reduz a sua capacidade de regular sua própria temperatura, por isso, o mecanismo de trocas de calor entre o organismo e o ambiente são alteradas, e aumenta a sensação de frio mesmo quando expostos a temperaturas altas;
  • As pessoas com doenças crónicas como a diabetes e hipertensão, apresentam uma maior propensão para serem vítimas desidratação grave, devido à toma de medicamentos para a hipertensão que são diuréticos e ao mecanismo de autocompensação de líquidos pelo organismo, quando os níveis de açucar no sangue são elevados.

 

Sinais de desidratação

 

A desidratação ocorre quando o corpo não tem líquidos em quantidade suficiente para continuar funcionar adequadamente. Os sinais de aviso mais comuns são:

 

  • Sensação de sede;
  • Urina escura ou pouco frequente;
  • Pele seca;
  • Desmaios ou tonturas;
  • Cansaço;
  • A pele que não retoma o seu estado normal depois de ser beliscada.

  

 

 

Dicas para lidar com temperaturas elevadas

 

  • Evite a exposição solar direta e prolongada, sobretudo nas horas de maior calor e procure efetuar as tarefas diárias de maior exigência nas horas do dia em que as temperaturas são mais suaves.
  • Mesmo que tenha a sensação não ter sede e suar pouco, beba muita água e sumos de fruta para hidratar o organismo.
  • Opte pelo consumo de alimentos ricos em fibras, sais minerais e vitaminas, como a fruta e legumes frescos e evite refeições pesadas com alimentos gordos que demoram mais tempo a digerir, as bebidas alcoólicas e bebidas estimulantes (maior excreção da urina).
  • Dentro de casa, permaneça nos locais menos expostos ao sol e climatizados para garantir o equilíbrio térmico do organismo, mas evite alterações bruscas de temperatura e correntes de ar.
  • Opte por roupas leves, de preferência em algodão e cores claras, use chapéu e óculos de sol.
  • Visite regularmente familiares ou vizinhos idosos nas alturas de maior calor, sobretudo se sofrerem de insuficiência cardíaca ou respiratória, diabetes ou outras doenças crónicas.

 

Esta dica foi elaborada pelo formador António Ribeiro, da disciplina de Segurança e Prevenção

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 13:46

No dia 23 de Junho a FOS recebeu a visita do ATL da Associação de Pais da ECV de Vila Nova da Barquinha. 
Foi uma tarde com partilha de experiências com os mais novos, onde estes puderam assistir à apresentação da peça "Zé das Moscas", pelo grupo de teatro da FOS e também à actuação da FOSTuna. 
A FOS agradece a vossa visita e deixa aqui algumas fotografias e vídeos!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 11:57

footer

As publicações desta página são da inteira responsabilidade e autoria da FOS - Essência da Partilha - excepto quando referido o contrário. Não está autorizada a partilha de qualquer conteúdo, sem informação e autorização prévia por parte dos autores do Blog.

Pág. 2/2



Contactos

Encontre abaixo os nossos contactos:

E-MAIL

formacao.ocupacional.seniores@gmail.com

TELEFONE

969 192 186 (Escola) | Vânia (Coordenadora FOS): 912 993 415

MORADA

Escola Primária do Cardal | Rua Miguel Torga, s/n - Cardal | 2260-517 Vila Nova da Barquinha


Deixe-nos uma mensagem

calendário

Julho 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Pesquisar

Pesquisar no Blog