Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sugestão culinária #8

por FOS, em 29.08.14

PARA O LANCHE, UM BOLO DE CHOCOLATE

 

Ingredientes

  • Ovos4
  • Açúcar2 Chávenas de chá
  • Farinha2 Chávenas de chá
  • Óleo1 Chávena de chá
  • LeiteChávena de chá
  • Chocolate em pó1 Chávena de chá
  • Fermento em pó1 Colher de sobremesa
 

Preparação

Colocar todos os ingredientes no liquidificador (ou batedeira) e misturar bem.

Levar a cozer numa forma untada com margarina e polvilhada com farinha, em forno médio (170º) cerca de 45 minutos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 16:16

Na passada sexta-feira, dia 22, os nossos seniores foram até ao Parque Ambiental de Santa Margarida, onde realizaram um percurso pedestre. 
Neste percurso descobriram mais sobre a natureza e as diversas espécies de plantas e animais que nos rodeiam. 
Foi mais um dia bem passado, nos Ateliers de Verão da FOS!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:49


Conteúdos Blog FOS Premiados

por FOS, em 22.08.14

A FOS participou ao longo dos últimos seis meses num desafio lançado pela Fundação Portugal Telecom (nosso parceiro), que consistiu na criação e manutenção de um blog geral de várias Universidades Seniores (http://usg.blogs.sapo.pt/), cuja gestão ficou a cargo da Universidade Sénior de Gondomar.

 

Os trabalhos enviados para este blog pelas diversas Universidades participantes no desafio foram classificados por um júri, de forma a serem atribuídos prémios, de acordo com os seguintes critérios:

  • Nível de Desenvolvimento: 5%
  • Criatividade: 30%
  • Apresentação: 10%
  • Originalidade: 10%

A FOS enviou para publicação neste blog geral, os mesmos conteúdos presentes no Blog da FOS, elaborados pelos alunos, formadores e pela equipa de gestão do blog.

 

Os resultados foram divulgados hoje e estamos muito satisfeitos: conquistámos o segundo lugar!

  

Queremos deixar por isso o nosso agradecimento a todos os alunos e formadores que colaboraram com o blog, e lançamos também o apelo para que todos os alunos participem de forma activa, enviando os seus trabalhos para publicação!

 

 

A equipa de gestão do Blog da FOS

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 13:29


Sugestão de Jardinagem #7

por FOS, em 22.08.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 11:31


Dica alimentar #7

por FOS, em 21.08.14

Qual a alimentação mais correta em situações de diarreia?

 

 

A diarreia é caracterizada por um aumento do volume das fezes e alteração da consistência destas, que passam a ser liquidas ou pastosas.

As diarreias podem ser causadas por vários factores. Desde alterações hormonais, stress, medicamentos, até causas de origem alimentar.

 

Enumeram-se alguns fatores que podem levar a episódios de diarreia:

  • intolerâncias alimentares, por exemplo ao leite e seus derivados.
  • parasitas existentes na água e em certos alimentos;
  • gastroenterites provocadas por bactérias e vírus;
  • consumo excessivo de álcool;
  • consumo excessivo de certos adoçantes, como por exemplo o sorbitol (ver rótulo);
  • consumo excessivo de laxantes;
  • doenças gastrointestinais, como por exemplo o síndrome do cólon irritável;

Normalmente, quando  aparecem diarreias, estas acabam por passar sem ser preciso intervenção médica.

 

A alimentação assume um papel de extrema importância nestas situações.

 

O conteúdo de água perdido é muito elevado e com esta perda, também são desperdiçados alguns sais minerais, pelo que é necessário repô-los. A reposição de água deve ser feita pelo aumento da ingestão de água e chá, sendo que os chás devem ser fracos (não devemos intensificar o seu sabor). Optar por chá de camomila, cidreira, doce-lima, devendo-se evitar os chás de frutos vermelhos, verde, branco e preto.

 

* A furta que deve ser seleciona deverá ser a banana para repor os níveis de potássio que são perdidos. Outras frutas poderão ser adicionadas, mas sempre cozinhadas e sem casca.

 

* As canjas também poderão ser introduzidas mas com pouca ou nenhuma gordura. Poderá também optar-se por um creme de cenoura e utilizar-se confecções do tipo cozidas ou grelhadas, sempre sem a adição de gordura.

 

* Evitados alimentos com muita quantidade de gordura, como o chourição, farinheiras, feijoadas, cozidos à portuguesa, assim como alimentos ricos em fibra, como cereais e pães integrais, vegetais e fruta com casca.

 

* O leite e seus derivados também deveram ser evitados, pois a diarreia pode ser provocada por intolerância a estes alimentos. (Para que o leite e derivados sejam digeridos precisam de uma enzima, a lactase, que decompõe os açúcares existentes nestes alimentos em formas simples. Por vezes o ser Humano não produz esta enzima em quantidade suficiente, não conseguindo fazer a digestão do leite e derivados, acabando por provocar situações de produção excessiva de gases e/ou diarreias.

 

Se os sintomas persistirem deverá consultar o seu médico. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 15:13


Dica Mensal de Segurança #7

por FOS, em 20.08.14

Se conduzir …não fale ao telemóvel!

 

Falar ao telemóvel tornou-se numa ação frequente, muitas vezes tomada de acordo com critérios individuais automáticos e irrefletidos que podem ter consequências para além do ato de transmitir ou receber uma mensagem.

 

A tarefa de conduzir depende sempre do cenário constituído por vários elementos que se vão modificando ao longo da viagem e que exigem do condutor, uma atenção e ajuste à realidade de forma a controlar o risco. O cenário é composto pelo: tráfico existente, as condições meteorológicas, o estado da estrada e da sinalização rodoviária, as condições do veículo e as condições de saúde e experiência do condutor.

Telefonar é uma atividade cognitiva que requer a atenção do condutor, que se o fizer enquanto conduz, é sujeito a uma dupla tarefa e a uma situação que será tento mais difícil quanto mais complexa for o cenário de condução.

 

Telefonar e conduzir ao mesmo tempo implica uma "carga mental" que prejudica a realização segura da tarefa da condução, por isso telefonar interfere no bom desempenho do condutor. Concretamente, o nosso cérebro não pode prestar a atenção necessária a duas tarefas diferentes realizadas simultaneamente, aumentado o tempo de reação aos estímulos que possam surgir.

 

 

Os dados estatísticos utilizados em estudos efetuados para diminuir o número de acidentes rodoviários, demonstram que falar ao telefone enquanto se conduz:

  • Aumenta 4 vezes a probabilidade de acidente;
  • Esta probabilidade aumenta para 6 durante os 5 primeiros minutos de conversação;
  • Os utentes mais assíduos do telemóvel têm uma taxa de mortalidade rodoviária dupla da dos utilizadores ocasionais;
  • Este risco mantém-se ainda alguns minutos depois da "chamada" ter terminado.

Algumas consequências devido ao fato do condutor estar a telefonar enquanto conduz

  • Diminuição da capacidade de vigilância do condutor e dispersão da atenção, devido à atenção que o condutor dirige à comunicação telefónica (interlocutor) que leva a comportamentos desajustados às várias situações de trânsito e inseguros;
  • Aumento, em cerca de 50%, do tempo de reação, levando o condutor mais tempo a atuar perante uma dada situação de risco potencial, incorrendo assim em situação de perigo;
  • Dificuldade de descodificação dos sinais e da sua memorização, perdendo, assim, informação essencial para uma condução segura (frequentemente a sinalização é mesmo ignorada);
  • Desrespeito da regra de cedência de passagem nos cruzamentos e entroncamentos;
  • avaliação do posicionamento do veículo na via;
  • Não manutenção da distância de segurança em relação ao veículo da frente e incapacidade de ajustar esta distância quando o veículo da frente pára ou abranda, com aumento do risco de colisão;
  • Dificuldade em retomar a fila por onde deve circular após uma ultrapassagem;
  • Não sinalização da manobra de mudança de direção, não dando assim a conhecer aos restantes utentes da via a sua intenção de efetuar a manobra;
  • avaliação da velocidade de deslocação, pois a maior parte dos condutores julga que reduz a velocidade quando atende o telefone, quando na realidade a mantém inalterável;
  • Redução do campo visual, a conversa telefónica afeta as capacidades de exploração visual do condutor durante e após a comunicação telefónica, em que é privilegiado o olhar a direito para a via, prejudicando a visão periférica e a informação visual recolhida através dos retrovisores (existe uma fixação do olhar durante a comunicação);
  • Tendência para não parar nas passagens de peões a fim de lhes permitir atravessar a faixa de rodagem com mais segurança, cerca de 75% dos condutores ao telefone não cumprem esta regra do Código da Estrada, porque não se apercebem dos peões;
  • Aumento do stress provocado pela situação de atendimento ou marcação de chamada telefónica, stress esse que pode ser acrescido pelo teor da conversa.

Outros aspetos importantes

Todos os efeitos enunciados são agravados por fatores humanos que caracterizam cada condutor, elevada intensidade do tráfego e complexidade das situações de trânsito, más condições meteorológicas e pela atenção requerida pela conversação.

Embora o uso de um "kit mãos livres", permita manter as duas mãos no volante, reduzindo assim alguns riscos pela maneabilidade que possibilita, não resolve todos os problemas. O condutor deve perceber todos os outros fatores de risco e evitar o telemóvel, seja qual for a sua forma de utilização, durante o ato de condução.

Os efeitos no condutor quando da manutenção de uma conversa ao telefone enquanto conduz podem ser comparados aos efeitos decorrentes de uma condução sob a influência do álcool;

De acordo com o Artigo 84º do Código da Estrada, é proibida ao condutor, durante a marcha do veículo, a utilização ou o manuseamento de forma continuada de qualquer tipo de equipamento ou aparelho suscetível de prejudicar a condução, designadamente auscultadores sonoros e aparelhos radiotelefónicos.

 

 

Algumas dicas de prevenção de acidentes e segurança

 

NÃO UTILIZE O TELEMÓVEL ENQUANTO CONDUZ!

 

Proteja-se a si e aos outros…

 

Se for condutor e receber ou necessitar de fazer uma chamada telefónica deve parar em local apropriado e só então utilizar o telemóvel.

Quado for conduzido por um familiar ou amigo, sensibilize-o para os riscos acrescidos a que se encontram expostos os passageiros do veículo quando se fala ao telemóvel enquanto se conduz e evite a sua utilização.

 

 

 

Esta dica foi elaborada pelo formador António Ribeiro, da disciplina de Segurança e Prevenção

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 17:28

No dia 12 de Agosto, a turma de Teatro e a FOSTuna foram convidadas a actuar na Atalaia, no centro de dia do Centro Social Paroquial.
Foram experiências que deixaram todos muito felizes!
Aqui ficam as fotografias e filmes desta excelente tarde.
Deixamos também o nosso agradecimento pelo convite!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:01

E aqui fica o resumo do Atelier de Verão - "A Ciência nos alimentos", realizado no Cardal.

 

O mesmo teve lugar ao final da tarde, onde se aprendeu um pouco sobre educação alimentar e melhor forma de conjugar alimentos numa refeição.

 

Algumas fotografias do atelier:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:51

Na passada sexta-feira, foi dia de mais um Atelier de Verão da FOS, desta vez intitulado "O mar é para todas as idades". 

Os nossos seniores realizaram uma visita ao Oceanário de Lisboa, onde aprenderam mais sobre o mundo aquático e suas espécies.
A FOS agradece a todos a participação, e recorda que durante os meses de Julho e Agosto há uma actividade diferente em cada semana!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:34


Dica da Semana #8

por FOS, em 08.08.14

5 temperos que ajudam o organismo

Descubra as cinco especiarias e ervas aromáticas típicas desta época do ano, que beneficiam o nosso organismo.

Durante a época natalícia aproveite para usar estas especiarias para beneficiar a sua saúde, estas muitas vezes estão presentes em 'pecados' natalícios podem ser uma mais-valia para a nossa saúde nutricional.Para além de melhorarem os nossos pratos favoritos, contribuiem para o nosso bem-estar e para o fortalecimento do nosso sistema imunitário. A lista das mas melhores especiarias de natal tem como principais protagonistas:
  • Alecrim:

Para além de dar um óptimo sabor aos nossos cozinhados, é um complemento muito saudável para receitas que envolvam carne (se for grelhada, melhor ainda). Um estudo recente da Universidade Estatal do Kansas descobriu que juntar alecrim à carne de hamburger, antes de ser cozinhada, reduz os agentes cancerígenos presentes na carne vermelha.

 

  • Gengibre:

Ingrediente presente em pratos condimentados e até em sobremesas típicas do Natal, uma época de maior propensão aos excessos gastronómicos, o gengibre é uma raiz com a capacidade de aliviar dores de estômago e reduzir sintomas de naúsea. Por isso, doces que contenham gengibre pode ser uma ótima opção durante as festividades.

 

  • Canela:
É uma das especiarias mais usadas durante todo o ano, dando um sabor extra aos nossos doces. Alguns estudos revelaram que a canela pode ajudar as pessoas que sofrem de diabetes Tipo 2 a estabilizar os níveis de açucar. Também existem provas que a canela tem propriedade antibacterianas. Contudo esta especiaria tem de ser ingerida com alguma contenção, pois de acordo com um estudo recente publicado e citado no jornal The Guardian, a canela foi associada ao desgaste do fígado, devido ao seu componente cumarina.

  • Hortelã-pimenta:

A hortelã-pimenta ajuda a intensificar o sabor do chocolate e é muito usada em infusões. Além disso, é um ingrediente muito comum em receitas caseiras que ajudam a combater enxaquecas, melhoram a concentração, reduzem o apetite e em, alguns caso, até ajudam a melhorar alguns sintomas de gripe, nomeadamente o nariz entupido.

 

  • Noz-moscada:

Durante esta época não poupe na noz-moscada. Esta semente tem propriedades anti-fúngicas e antibacterianas que podem ajudar o sistema imunitário a proteger-se de variadas infecções.

 

 

Fonte: http://activa.sapo.pt/belezaesaude/saudenutricao/2014-07-16-5-temperos-que-ajudam-o-organismo

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas do Blog:

publicado às 17:17

footer

As publicações desta página são da inteira responsabilidade e autoria da FOS - Essência da Partilha - excepto quando referido o contrário. Não está autorizada a partilha de qualquer conteúdo, sem informação e autorização prévia por parte dos autores do Blog.

Pág. 1/2



Contactos

Encontre abaixo os nossos contactos:

E-MAIL

formacao.ocupacional.seniores@gmail.com

TELEFONE

969 192 186 (Escola) | Vânia (Coordenadora FOS): 912 993 415

MORADA

Escola Primária do Cardal | Rua Miguel Torga, s/n - Cardal | 2260-517 Vila Nova da Barquinha


Deixe-nos uma mensagem

calendário

Agosto 2014

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Pesquisar

Pesquisar no Blog